NAVE CULTURAL

zuzu angel em exposição na fábrica de santo thyrso

A exposição da designer brasileira Zuzu Angel e o desfile de moda Finalistas ESAD & PFN - Concurso Novos Criadores completam o programa de abertura da Nave Cultural da Fábrica de Santo Thyrso.

Esta exposição celebra o caráter e o pioneirismo de uma designer brasileira que soube reinterpretar e afirmar a identidade do seu país, usando a moda como linguagem. Do folclore nordestino ao tropicalismo, dos boiadeiros do Sertão a Carmen Miranda, das rendas à chita, com papagaios e flores exóticas, Zuzu projetou internacionalmente uma revisão da brasilidade, atualizando-a sem deixar de lhe ser fiel.

alt text

Nos últimos anos da vida, que perdeu em circunstâncias trágicas, usou a moda como arma para lutar por uma causa, ao mesmo tempo pessoal e coletiva, a denúncia da ditadura militar que assassinara o seu filho, politizando assim, duplamente, o projeto a que se dedicou.

Zuzu Angel vestiu celebridades de Hollywood, como Joan Crawford, Liza Minelli e Kim Novak, e mereceu dedicatórias várias, como a música de Chico Buarque ou os trabalhos de cariz biográfico de escritores e cineastas brasileiros.

alt text

Esta exposição resulta da parceria estabelecida entre a Fábrica de Santo Thyrso, a ESAD e o Instituto Zuzu Angel e é comissariada pela filha de Zuzu, Hildegard Angel, fundadora do Instituto, e por Helena Sofia Silva, docente da ESAD.

Este evento integra-se no Seminário Internacional sobre Quarteirões Culturais, a decorrer de 25 a 27 de Outubro, o primeiro ato público da Incubadora de Moda e Design e o primeiro evento a decorrer na Nave Cultural da Fábrica. A realização deste conjunto de eventos inscreve-se na estratégia que associa a operação de regeneração urbana da cidade de Santo Tirso – Revitalização e Qualificação das Frentes Ribeirinhas do rio Ave – à reabilitação da Fábrica de Santo Thyrso, antiga fábrica têxtil, assumindo-a como um Quarteirão Cultural.