INCUBADORA DE MODA E DESIGN

Candidaturas

Candidaturas

Após o primeiro concurso, as candidaturas estarão abertas em contínuo através da plataforma de acesso aqui presente, em Formalização da Candidatura.

Regulamento de Candidatura.

Âmbito do concurso

A seleção de projetos a serem desenvolvidos no seio da Incubadora de Moda e Design da Fábrica de Santo Thyrso, poderão assumir duas formas e finalidades distintas:

  • Incubação de negócios de empresas criativas;

  • Incubação de projetos criativos e/ou de carácter científico de duração limitada.

São admitidos projetos em domínios de atividade que integrem o ciclo de valor da Moda ou constituam atividades de criação com relações particulares de afinidade ou complementaridade com a Moda (designadamente estilistas, costureiros, designers de moda e de acessórios, fotografia de moda, media de moda, agências de modelos, maquilhagem, joalharia, entre outros).

Condições de candidatura

Podem concorrer pessoas singulares, individualmente ou em grupo, bem como pessoas coletivas, que pretendam desenvolver projetos e ideias dentro das tipologias acima definidas e que ainda não tenham entrado na fase de exploração comercial.

No caso de incubação de negócios de empresas criativas, as pessoas coletivas que pretendam concorrer, terão que ter sido constituídas há menos de um ano.

Formalização da candidatura

As candidaturas devem ser submetidas de acordo com o modelo presente na Plataforma Eletrónica

Constituem outros elementos obrigatórios a anexar ao Formulário de Candidatura os Currículos dos promotores e Portfólio de trabalhos realizados.

Avaliação e seleção dos projetos

A seleção dos candidatos é da responsabilidade da Direção da Fábrica de Santo Thyrso tendo em conta a avaliação e o parecer especializado de um Júri constituído para o efeito que contará com personalidades de mérito reconhecido nos diversos domínios do mundo da Moda em termos nacionais e internacionais.

A análise dos projetos e a subsequente seleção e admissão dos candidatos terá em conta, entre outros, os seguintes elementos:

  • A sua inserção na fileira da Moda ou o âmbito de relacionamento com a Moda;

  • A qualidade criativa ou artística do projeto de empresa ou de negócio criativo; o seu potencial de complementaridade e de clusterização com outras empresas ou projetos criativos e com o tecido empresarial ligado à fileira da moda;

  • A viabilidade técnica e económica do Projeto;

  • A motivação dos promotores, curriculum, capacidade técnica e complementaridade da equipa.

O processo de seleção contempla as seguintes fases:

  • Avaliação do formulário de candidatura, portfolio e currículos dos promotores;
  • Decisão e comunicação sobre as candidaturas selecionadas para a fase seguinte;
  • Apresentação oral do projeto feita pelo promotor perante o Júri;
  • Decisão e comunicação sobre os projetos selecionados.

alt text