CENTRO INTERPRETATIVO

O projeto da Fábrica de Santo Thyrso integra um Centro Interpretativo da Indústria Têxtil.

alt text

Este centro, com o enfoque nas matrizes culturais e educativas, apresenta, através de conteúdos museológicos, um panorama da fábrica nos tempos do seu funcionamento, enquadrando-o na região do Vale do Ave e projetando o futuro que já é a Fábrica de Santo Thyrso.

A criação de um espaço interpretativo no âmbito do projeto de desenvolvimento do Quarteirão Cultural e Criativo em torno do sector Moda, designado “Fábrica de Santo Thyrso”, resultou da necessidade e do interesse de preservar a memória da “Fábrica”, assim como de uma realidade socioeconómica, tecnológica e cultural profundamente relacionada com a identidade coletiva da comunidade tirsense, que, em grande medida, reflete a história da indústria têxtil algodoeira da região.

O conteúdo programático é de natureza interpretativa e pedagógica estruturado em duas áreas fundamentais, nas quais se abordam temáticas relacionadas com a história da fábrica e os novos desígnios da indústria têxtil, nomeadamente ao nível das novas tecnologias, matérias-primas, moda e design. O núcleo principal estrutura um espaço expositivo permanente que permite, em simultâneo, pequenas mostras temporárias temáticas ou em rotatividade de módulos semipermanentes de forma a garantir a contínua renovação dos conteúdos expositivos. Com a sua instalação pretende-se responder aos seguintes objetivos específicos:

Promover e valorizar um património de elevado significado histórico;Divulgar a cidade de Santo Tirso enquanto espaço/cidade de cultura;Estimular a apetência da comunidade para o conhecimento da história local e a importância da preservação dos valores identitários;Promover a criação de um espaço vocacionado para o estudo, preservação e valorização da memória da indústria têxtil;Difundir o conhecimento histórico, científico, técnico e tecnológico junto de “aprendizes” e profissionais ligados, direta ou indiretamente, ao sector da MODA;Capacitar e desenvolver competências nos jovens criativos e com talento de forma a favorecer a transformação das suas ideias em atividades económicas com viabilidade e sustentabilidade económica;Favorecer a inovação e a investigação aplicada associada ao sector da MODA, nomeadamente, estimulando o design e o desenvolvimento de novos produtos e serviços nos sectores têxtil e do vestuário;Fomentar espaços informais de contacto, de cooperação e de convergência entre criativos e empresas, ao longo de toda a cadeia de valor do sector, contribuindo para aumentar o networking e a clusterização no sector;Favorecer e estimular novas competências dentro dos segmentos da comunicação que intervêm mais diretamente com o sector da Moda e do têxtil e vestuário; alt text

CENTRO INTERPRETATIVO